Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Miguel Bragioni Lima Coelho - PP
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017 - 2020
    Presidente Atual
    Miguel Bragioni Lima Coelho
Data: 29/05/2015 Hora: 00:00:00
História da Câmara
Webline Sistemas

camara_pf.jpgO povoado que se formou um pouco distante das barrancas do rio Mogi Guaçu, passou a Freguesia pela Lei nº 3 de 9 de fevereiro de 1888, anexando à Comarca de Descalvado.

Pela Lei Estadual n° 110 de 1° de outubro de 1892 e já Distrito de Paz, Porto Ferreira desligou-se de Descalvado passando a pertencer a Pirassununga. Houve antes, uma eleição para que a população escolhesse a qual das duas Comarcas deveríamos pertencer. Continuar sob tutela de Descalvado, ou mudar, passando a pertencer a Pirassununga.

Com exceção de apenas 3 votos, os restantes 200 eleitores manifestaram o desejo de mudar.

Quatro anos depois, o Presidente do Estado, Manoel Ferraz de Campos Sales, atendendo aos anseios de nossa população, promulgou a Lei nº 424, de 29 de julho de 1896, elevando o Distrito de Paz de Porto Ferreira à categoria de Município.

No dia 9 de Novembro daquele mesmo ano, aconteceu a eleição para a escolha de nossos primeiros vereadores e logo surgiu o problema: onde instalar nossa Câmara Municipal.

Para a instalação do município, carecia-se de um prédio próprio. Depois de entendimentos entre as partes interessadas a Câmara e o Destacamento Policial, passaram a ocupar o imóvel do casal Manoel Elias Sales e Maria Victoria de Jesus, na Praça Matriz, onde hoje funciona a Prefeitura Municipal.

Cumprida todas as exigências de lei, às 12:00 horas do dia 25 de Dezembro de 1896, Simão Boler, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Pirassununga, ocupando a presidência, empossava os primeiros vereadores ferreirenses: Procópio de Araújo Carvalho, José Teixeira Vilela (pai), Capitão Francisco José de Araújo Lima, Mathias Gomes Cardoso, João Miranda Salgueiro (pai) e Francisco Prado.

A partir daquele instante estávamos separados política e administrativamente da Comarca de Pirassununga, e São Paulo contava com mais um município que iria ajudá-lo na sua pujança.

Com muita alegria toda nossa população participava dos acontecimentos. No recinto da Câmara o povo se comprimia, cumprimentando os vereadores e, do lado de fora, cercada por centenas de pessoas, a Banda dos Portugueses fazia ouvir músicas alegres, dando maior brilho as solenidades. Epocar de rojões ouvia-se a todo instante e os sinos da Igreja Matriz repicavam, também por ser aquela sexta-feira dia de Natal.

O primeiro chefe de nosso Executivo Municipal foi João Miranda Salgueiro, intendente eleito no dia 2 de janeiro de 1897 e reeleito em 1898 e 1899.

O primeiro Agente Executivo da Câmara a receber a designação de Prefeito foi Mathias Gomes Cardoso, que exerceu o cargo de 15 de janeiro de 1908 até dezembro de 1909, quando faleceu.

Só depois de passado muitos anos é que Porto Ferreira tornou-se Comarca, em 19 de outubro de 1963.

A Câmara Municipal funcionou até o ano de 1990, no mesmo prédio, onde hoje está instalada a Prefeitura Municipal.

Nossa Câmara funciona em prédio próprio situado na Avenida 24 de outubro, 1068, inaugurado em 20 de dezembro de 1990, pelo Prefeito Valdir Bosso, Presidente da Câmara Antonio Marco Louzada, vereadores e outras autoridades.

 

Fonte: Revista do Centenário de Porto Ferreira 1896 – 1996 (Edição: Escritório e Editorial Júlio Abe Ltda., 1996)

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro





Próxima Sessão

Segunta-feira, 25 de setembro de 2017 - Sessão Ordinária
20:00 horas
Plenário Syrio Ignátios